jornal UR-GENTE on line
A Folha de Italva

 



Iº Fórum Comunitário de Italva e Cardoso Moreira prioriza construção de uma Delegacia Legal


Aconteceu no dia 23 de agosto na Sala do Tribunal do Júri do Fórum de Italva o Iº Fórum Comunitário que reuniu autoridades, líderes comunitários, advogados, profissionais liberais, entidades e clubes de serviço, religiosos e demais pessoas das comunidades de Italva e Cardoso Moreira para uma “prestação de contas” e discussão de prioridades para os dois municípios. A solenidade foi presidida pelo Juiz de Direito Titular da Comarca, Dr. Rodrigo José Meano Brito (foto), que teve ao seu lado na Mesa, a Promotora de Justiça da Comarca, Dra. Débora da Silva Vicente; o prefeito de Italva Darli Ancelme; o chefe de gabinete do prefeito Renato Jacinto de Cardoso, José “Gordo” da Silva; o representante dos advogados Dr. Alonso Delfino; o representantes dos produtores rurais, engenheiro Dr. Antônio Parente e a secretária de Educação de Cardoso Moreira, Prof. Angela Marreiros, atuando o advogado Dr. Wilson Rosa como mestre do cerimonial. Os primeiros oradores iniciaram o que seria um debate político mas foram em seguida repreendidos pela promotora que nas suas falas exigiu o norteamento das discussões para assuntos que versassem sobre projetos sociais que deveriam ser desenvolvidos pelas autoridades presentes a partir daquele momento e não seus erros passados. No início o Juiz apresentou um balanço das atividades do Fórum mostrando números relacionados aos feitos em andamento e registros do Cartório Eleitoral.

Todos ficaram sabendo que na Comarca tramitam atualmente 3.335 processos na Vara Única, sendo 2.932 na área cível; 245 criminais; 37 infância (infratores) e 121 infância (outros).
Nos Juizados Especiais, tramitam em Cardoso Moreira mais de 400 processos e em Italva mais de 600.
Entre vários assuntos discutidos, destacou-se a necessidade de se instalar na Comarca uma Delegacia Legal, ficando acertado que uma cópia da Ata será enviada ao Procurador do Estado e à governadora Rosinha para que seja atendida essa primeira exigência das counidades italvense e cardosense.

A Promotora de Justiça, Dra. Débora da Silva Vicente discursa durante o evento

Aguarde

 

 

Copyright ©2005 - Direitos Reservados Enter Informática/Publicidade & Editora ®